Colaboração entre EDGE e Thales visa avançar tecnologias de comunicação nos Emirados Árabes

Em uma parceria estratégica anunciada durante a feira Eurosatory, a EDGE e a Thales uniram forças para avançar nas tecnologias de comunicação nos Emirados Árabes Unidos. A colaboração foca no desenvolvimento de rádios definidos por software, buscando atender tanto às demandas internas quanto às oportunidades de exportação no mercado internacional. A declaração de intenções foi assinada por executivos de ambas as empresas, marcando um passo significativo na inovação das comunicações de alta frequência.

Desenvolvimento de Tecnologias

Objetivos da parceria no desenvolvimento de rádios definidos por software

A parceria entre a EDGE e a Thales tem como principal objetivo desenvolver rádios definidos por software (SDR) que possam oferecer soluções avançadas e seguras de comunicação. Essas tecnologias são projetadas para melhorar a interoperabilidade e a flexibilidade das forças armadas dos Emirados Árabes Unidos, permitindo uma adaptação rápida a diferentes cenários operacionais e requisitos de missão.

Benefícios e aplicações das novas tecnologias de comunicação HF

Os novos rádios de alta frequência (HF) desenvolvidos pela parceria visam proporcionar comunicações de longo alcance com alta confiabilidade e segurança. Essas tecnologias são essenciais para operações militares, permitindo comunicações eficazes em ambientes desafiadores. Além disso, os SDRs oferecem a vantagem de serem atualizáveis por software, permitindo a incorporação de novas funcionalidades e melhorias sem a necessidade de substituir o hardware.

Impacto na segurança e eficácia das comunicações militares

A implementação dessas tecnologias avançadas de comunicação terá um impacto significativo na segurança e eficácia das operações militares dos Emirados Árabes Unidos. Os rádios definidos por software permitirão uma melhor coordenação entre diferentes unidades militares e aliados, aumentando a capacidade de resposta e a eficácia das operações em campo. A segurança das comunicações será reforçada, protegendo informações sensíveis contra interceptações e ataques cibernéticos.

About marcelo barros

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

SANÇÃO DA LEI Nº 8.470/2024 INCLUI DIA DO PORTO NO CALENDÁRIO OFICIAL DO RIO

A PortosRio anunciou a sanção da Lei nº 8.470/2024, que inclui o Dia do Porto …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *