Foto: Assinatura de Cooperação entre os países/ Crédito DGA

Europa fortalece defesa aérea com aquisição conjunta do Mistral 3

No dia 19 de junho de 2024, França, Bélgica, Chipre, Estônia e Hungria assinaram um acordo de cooperação estratégica para a aquisição conjunta do sistema de defesa aérea terrestre Mistral 3. Coordenado pela DGA francesa, com o apoio da MBDA, o acordo promete fortalecer as capacidades de defesa dos países envolvidos e aumentar a resiliência da base industrial de defesa europeia.

Detalhes do Acordo

Países signatários: França, Bélgica, Chipre, Estônia, Hungria

O acordo de cooperação estratégica envolve cinco países europeus que se uniram para fortalecer suas capacidades de defesa aérea. A França, liderando a iniciativa, junto com Bélgica, Chipre, Estônia e Hungria, busca por meio dessa parceria aprimorar a segurança coletiva e a eficiência operacional de suas forças armadas.

Coordenação pela DGA e apoio da MBDA

A Direção-Geral do Armamento (DGA) da França está coordenando o projeto, com apoio significativo da MBDA, empresa líder em sistemas de mísseis. Esta cooperação facilita o acesso a um processo de aquisição melhorado, atendendo aos requisitos específicos das forças armadas de cada nação envolvida. A DGA e a MBDA trabalham juntas para garantir que as soluções oferecidas sejam as mais avançadas e eficazes possíveis.

Objetivos do acordo e benefícios para os países envolvidos

O principal objetivo do acordo é melhorar as capacidades de defesa aérea terrestre dos países participantes, promovendo a integração e a interoperabilidade entre as diferentes forças armadas. Além disso, o acordo busca aumentar a eficiência e a resiliência da base industrial de defesa europeia, assegurando que os países envolvidos possam responder de forma rápida e eficaz a ameaças aéreas modernas. Muitos outros países já manifestaram interesse em se juntar a essa cooperação, indicando um futuro promissor para a expansão da iniciativa.

About marcelo barros

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

SANÇÃO DA LEI Nº 8.470/2024 INCLUI DIA DO PORTO NO CALENDÁRIO OFICIAL DO RIO

A PortosRio anunciou a sanção da Lei nº 8.470/2024, que inclui o Dia do Porto …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *