Home Notícias AKAER apresenta suas novas tecnologias na INDO DEFENCE 2022

AKAER apresenta suas novas tecnologias na INDO DEFENCE 2022

0
AKAER apresenta suas novas tecnologias na INDO DEFENCE 2022

blank

Entre 2 e 5 de novembro de 2022, a empresa brasileira Akaer participará da Indo Defence Expo & Forum, considerada a maior feira de Defesa do Sudeste Asiático e uma das mais relevantes do setor no mundo.

Realizada simultaneamente com a Indo Aerospace Expo & Forum e a Indo Marine Expo & Forum, a exposição ocorrerá em Jacarta, na Indonésia. Em sua última edição, em 2018, recebeu mais de 30 mil visitantes, incluindo 217 delegações estrangeiras.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

“Sempre de olho nas tendências do mercado nacional e internacional, a Akaer marca presença em importantes feiras para demonstrar suas capacidades tecnológicas, fomentar negócios e ficar por dentro das novidades e demandas do segmento”, afirma Aldo da Silva Junior, Vice-Presidente de Marketing e Vendas da Akaer.

Na Indo Defence, os destaques da empresa serão o programa de modernização de veículos de combate blindados “Cascavel”,  o Albatross – projeto de UAS para reconhecimento terrestre e naval, que pode ser configurado para outros tipos de missões, e a capacidade de modernizações e modificações de aeronaves.

“Somos preparados para prover soluções em plataformas aéreas ou terrestres, cobrindo todo o ciclo de desenvolvimento, desde a concepção, projeto, integração de sistemas, testes e certificação”, declara Aldo.

Modernização de veículos de combate

A empresa exibe suas capacidades para modernização de veículos blindados, aumentando a vida útil das viaturas e a força de combate.

Dentre os possíveis pacotes de modernização, salientam-se a implantação de nova motorização, revitalização da suspensão, instalação de torres de comando automatizada para melhora da consciência situacional, substituição das miras óticas por optrônicos de última geração para busca e pontaria dos alvos e instalação de lançadores de mísseis antitanque.

Destaca-se a possibilidade de instalação de modernos computadores de tiro para execução de todos os cálculos balísticos e um outro computador de comando e controle o qual analisará em tempo real os parâmetros ambientais que possam interferir na execução das missões.

Recentemente, a Akaer venceu a concorrência aberta pelo Exército Brasileiro para atualização da viatura blindada Cascavel. O programa já está em andamento.

UAS

blank

Outra capacidade apresentada pela Akaer é o UAS “Albatross” para reconhecimento terrestre e naval, sendo que o mesmo pode ser adequado para outras finalidades como ataque ao solo. A plataforma possui  amplos compartimentos internos os quais somados aos seus pontos duros possibilitam o transporte de uma carga útil que poderá ser composta de sensores e sistemas de ataque.

Por meio do seu design inovador e de sua grande autonomia de voo, esse sistema fica por muitas horas sobre a área de atuação, atendendo plenamente as múltiplas necessidades do seu operador.

Modificação e Modernização de Aeronaves

A empresa expõe sua capacidade de desenvolvimento de modificações para aeronaves – alterações de estruturas, mecanismos primários, novos interiores e instalação de equipamentos e sistemas. Todas essas atividades são plenamente aplicáveis em aeronaves comerciais, VIPs e militares tanto de asa rotativa como fixa.

Para as modernizações, destacamos o trabalho feito com o P3 Orion da Força Aérea Brasileira (FAB) destinado à patrulha do litoral brasileiro, no qual o mesmo passou por um processo completo de revitalização das suas asas, prolongando assim a vida útil dessa importante plataforma de vigilância aérea.

Em modificações a Akaer está desenvolvendo para a empresa Turca Turkish Aerospace Industries uma aeronave da versão especial ASOJ (Outstanding Jammer Aircraft). Neste projeto a Akaer é a responsável por grande parte da modificação, incluindo as estruturas, instalação de sistemas, aerodinâmica, entre outras áreas de tecnologia.

Fonte: Defesa em Foco

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here