Home Notícias Amazul participa de conferência da AIEA

Amazul participa de conferência da AIEA

0
Amazul participa de conferência da AIEA

blank
Diretores da Amazul Carlos Alberto Matias (à esquerda) e Newton de Almeida (centro) integraram a comitiva do Brasil no evento.

O diretor-presidente da Amazul, Newton de Almeida, o diretor técnico Carlos Alberto Matias e os empregados Rafael Komatsu, Rômulo Hamamoto e Yasser Said participaram da 66ª Conferência Geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), realizada em Viena, na Áustria, de 26 a 30 de setembro. A agência, criada pela ONU, é um centro de cooperação internacional no setor nuclear e busca promover o uso pacífico e seguro das tecnologias nucleares.

A Amazul compôs o estande brasileiro junto com as demais empresas brasileiras do setor nuclear. A comitiva do Brasil foi integrada por representantes do governo federal, Comando da Marinha, órgãos e entidades ligados à energia nuclear e empresas privadas.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

blank
Rafael Komatsu, Rômulo Hamamoto e Yasser Said, empregados da Amazul, participaram do fórum e visitaram laboratório de dosimetria da AIEA.

Dentre as diversas atividades atendidas, os dirigentes e empregados da Amazul participaram do Fórum Científico, cujo tema central foi “Raios de esperança: cuidados com o câncer para todos”. Esse fórum teve grande relevância para os negócios da Amazul relativos ao programa de modernização do Centro de Radiofarmácia do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), na contribuição para produção de radiofármacos para todo o País, e ao empreendimento do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), que permitirá a independência do país na produção de radioisótopos e radiofármacos, além de pesquisas científicas no campo da saúde, indústria, agroindústria e meio ambiente.

Houve, também, a participação em painéis sobre pequenos reatores modulares (SMR da sigla em inglês) e sobre os novos projetos de reatores avançados, também chamados de reatores de 4ª geração e que são o futuro da tecnologia nuclear para geração de energia. Uma visita técnica ao laboratório de dosimetria da AIEA, em Viena, ampliou o conhecimento sobre a capacidade da agência de oferecer apoio a essa atividade, desenvolvimento de novas tecnologias e treinamento para os países membros.

Na oportunidade, o diretor-presidente e o diretor técnico realizaram importantes reuniões com os representantes das empresas brasileiras e estrangeiras do setor nuclear, com as quais a Amazul mantém projetos em andamento ou em prospecção, e participaram de um encontro de trabalho com representantes da indústria nuclear dos Estados Unidos. Houve, ainda, reuniões com dirigentes da empresa argentina Invap (Investigación Aplicada S.E.), quando foram delineados os possíveis modelos de negócio visando à construção do RMB, cujo projeto detalhado foi concluído e entregue à Comissão Nacional de Energia Nuclear em dezembro de 2021, numa parceria entre a Amazul e a Invap.

Fonte: Defesa em Foco

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here