Home Notícias Atech participa do principal debate sobre navegação aérea das Américas

Atech participa do principal debate sobre navegação aérea das Américas

0
Atech participa do principal debate sobre navegação aérea das Américas

blank

A Atech, empresa do Grupo Embraer, participa de importante evento da Organização de Aviação Civil Internacional (OACI) que acontece de (14/11) até sexta-feira (18/11), em Salvador (BA). O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), por meio da Comissão de Estudos Relativos à Navegação Aérea Internacional (CERNAI), será o anfitrião da 20ª edição da Reunião do Grupo de Planejamento e Implementação Regional do Caribe e América do Sul (GREPECAS), a 12ª Reunião do Grupo Pan-Americano de Segurança Operacional da Aviação Civil (RASG-PA) e a 2ª Reunião Conjunta GREPECAS–RASG-PA.

Os debates contam com a colaboração de cerca de 150 participantes de todo o continente americano, entre autoridades e especialistas de organizações reguladoras, empresas de navegação aérea e da indústria aeronáutica. O objetivo das reuniões é promover o compartilhamento de soluções inovadoras e boas práticas visando a contínua evolução da navegação aérea na região.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

blank

Durante os cinco dias, a Atech terá um estande dedicado e fará demonstração de produtos da família Makron, portfólio de soluções integradas e modulares, para gestão e controle do espaço aéreo.

Entre os produtos que serão demonstrados estão:

– SAGITARIO (Sistema Avançado de Gerenciamento de Informações de Tráfego Aéreo e Relatório de Interesse Operacional), um conjunto de ferramentas operacionais de visualização e apoio à tomada de decisão. Proporciona ampla consciência situacional aos controladores de voo.

– SIGMA (Sistema Integrado de Gestão de Movimentos Aéreos), que otimiza com inteligência o fluxo de voos e a capacidade instalada de aerovias e aeroportos.

– COSMOS, sistema que oferece melhor consciência situacional aos operadores de aeródromos, e tem capacidade de operação remota, o R-AFIS (Remote Aerodrome Flight Information).

– OPMET, que permite o compartilhamento de informações meteorológicas em formato digital, de acordo com o modelo SWIM (System Wide Information Management) e protocolos internacionais.

– IFPS, aplicativo que centraliza o recebimento e a distribuição de planos de voo, associando-os a mensagens de forma sistemática e sintática; ele otimiza o tempo e a validação de regras do ANSP

– eFPL, aplicativo móvel que permite o envio de planos de voo de maneira prática e segura

Fonte: Defesa em Foco

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here