Home Notícias Embraer C-390 vence Hercules C-130J na Holanda e se tornará o novo transporte tático do país

Embraer C-390 vence Hercules C-130J na Holanda e se tornará o novo transporte tático do país

0
Embraer C-390 vence Hercules C-130J na Holanda e se tornará o novo transporte tático do país

blank

Google News

O Ministério da Defesa Holandês escolheu o C-390M da fabricante brasileira Embraer como sucessor e substituto do seu C-130H Hercules. A primeira aeronave deverá ser entregue em 2026.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

Conforme explicado pelo Ministério da Defesa da Holanda, os 4 C-130 operados pela Força Aérea chegaram ao fim de sua vida útil. Inicialmente, a intenção era mantê-los em voo até pelo menos 2031, mas eles estão se tornando cada vez menos implantáveis ​​devido à diminuição da taxa de disponibilidade. Decidiu-se, portanto, substituí-los em 2020.

O secretário de Estado Christophe van der Maat, que explicou à Câmara Baixa as motivações que levaram à compra dos C-390, informou que o plano original era adquirir quatro novas aeronaves, mas depois decidiu-se por cinco unidades. O aumento é motivado pelas lições aprendidas com as evacuações do Afeganistão em 2021 e para responder à situação de segurança dramaticamente alterada no flanco leste da Europa.

Estes sublinharam a importância de garantir a disponibilidade de capacidade de transporte para as forças armadas. Com a expansão de 2.400 para 4.000 horas de voo, as unidades podem ser suportadas com cada vez mais frequência. A Holanda também contribui para preencher um déficit europeu. Além disso, a capacidade de transporte adicional beneficiará a velocidade de resposta em caso de calamidades, acrescentou Christophe van der Maat.

Requisitos

O Ministério da Defesa colocou vários requisitos no sucessor do C-130. A pesquisa mostrou que o C-390M era melhor que o C-130J da Lockheed Martin, que foi considerado uma alternativa.

O C-390M tem maior disponibilidade, melhor desempenho em diversos requisitos operacionais e técnicos e requer menos manutenção. Além disso, o C-390M já pode atender ao requisito mínimo de 2.400 horas de voo com 4 aeronaves. O C-130J precisa de 5 aeronaves para isso.

blank

O C-390M também participará do Comando de Transporte Aéreo Europeu. Esta é uma cooperação de 7 países europeus no domínio do transporte aéreo. A incorporação do C-390M beneficiará o agrupamento e o compartilhamento de capacidades em um contexto europeu.

Custos

Os custos estimados aumentarão porque o Ministério da Defesa quer aumentar o número de horas de voo. Inicialmente, os custos estimados eram entre 250 e 1 bilhão de euros. Agora será entre 1 e 2,5 bilhões de euros.

A Embraer divulgou um comunicado no qual parece mais do que satisfeito com a escolha do Millennium:

A Embraer sente-se honrada pela decisão do Ministério da Defesa holandês de selecionar a aeronave de transporte multimissão C-390 Millennium. Reconhecendo que ainda há muito trabalho a ser feito nos próximos meses, estamos comprometidos com o sucesso desta nova fase de cooperação com o Ministério da Defesa holandês. Nesse processo, a Embraer se dedica a aprofundar a colaboração com a indústria local e centros de conhecimento.

Com o seu terceiro contrato europeu, a estrela do C-390 está em ascensão, posicionando-se como um verdadeiro concorrente do quase imbatível C-130J Super Hercules.

Fonte: Aviacionline

Fonte: Defesa em Foco

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here