Home Notícias Leonardo expande opções de configuração do helicóptero AW169 com novas certificações de skid e Advanced SAR Mode

Leonardo expande opções de configuração do helicóptero AW169 com novas certificações de skid e Advanced SAR Mode

0
Leonardo expande opções de configuração do helicóptero AW169 com novas certificações de skid e Advanced SAR Mode

blank
Mais de 300 AW169s estão encomendados, cerca de 150 estão em serviço em 25 países com mais de 125.000 FH registrados

O helicóptero bimotor leve intermediário AW169 recebeu recentemente acertificação da EASA (European Aviation Safety Agency) para trem de pouso e modos IFR únicos, além de piloto único e Advanced Search and Rescue (SAR), aumentando ainda mais as suas capacidades operacionais e opções de configuração. Essas últimas conquistas permitem melhorias adicionais, como a introdução da versão do software de aviônicos principal da Fase 8 combinada com os modos offshore HTAWS (Helicopter Terrain Awareness Warning System).

A introdução de skids se soma às opções existentes de trem de pouso retrátil e fixo, fornecendo ao mercado todas as três soluções de material rodante. Isso torna o AW169 a única aeronave moderna com certificação CS29 capaz de oferecer todas as opções e demonstra a versatilidade do design do tipo. Esta certificação permitirá o início das entregas de aeronaves com a configuração skid; as primeiras estão previstas para serem entregues para operadores policiais na Itália.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Os modos Advanced Search and Rescue (SAR) introduzem padrões de busca com FMS (Flight Management System) dedicados, permitindo que a aeronave voe automaticamente ao longo de um caminho de busca predefinido, o que reduz a carga de trabalho do piloto na fase de busca de uma missão SAR. O AW169 é o único helicóptero em sua categoria de peso que possui modos SAR avançados. O alto nível de automação fornecido permitiu a certificação de modos SAR com capacidade de piloto único, tornando o AW169 o primeiro helicóptero certificado civil do mundo com essa capacidade.

Outros desenvolvimentos em andamento para expandir a gama de opções e kits também incluem uma instalação modular de tanque de combustível com capacidade de 700-880 kg ou uma instalação de 3 lugares na terceira fila de assentos, aumentando a capacidade de passageiros na cabine para 11 e proporcionando aos operadores um grau ainda maior de liberdade para maximizar a versatilidade de missão em termos de carga útil e alcance. Esses aprimoramentos mais recentes se somam aos pacotes de aumento de desempenho, certificados no final de 2021, e oferecem maior desempenho em todas as aplicações, tornando o AW169 o helicóptero com a melhor relação potência-peso em sua classe.

Projetado com o objetivo de oferecer máxima flexibilidade, o AW169 continua a fornecer todos os novos recursos para operadores que procuram uma combinação ideal de custo de helicóptero leve com desempenho de categoria mais avançada em termos de carga útil e espaço de cabine, tudo combinado com serviços abrangentes e opções completas de suporte e treinamento.

A introdução do AW169 fortaleceu ainda mais a competitividade e a posição de mercado da Leonardo no mercado mundial de helicópteros. Ele expandiu a presença da Leonardo na área de serviços médicos de emergência e adicionou operadores que utilizam aeronaves para aplicação da lei, assistência em desastres e tarefas de combate a incêndios. O modelo reforça ainda mais a liderança da empresa no mercado VIP multimotor, oferecendo às operadoras mais uma opção entre a popular série AW109 e os modelos AW139, atualmente os mais vendidos. O AW169 adiciona ainda uma solução para operações de menor alcance, para apoio do setor de energia, e permite que a Leonardo desempenhe um papel crescente no novo campo de suporte a parques eólicos. Além disso, seu design de uso duplo responde a uma série de requisitos governamentais, de segurança interna e de defesa na Itália e no exterior para missões como vigilância, transporte de tropas, operações de combate, socorro a desastres, resposta a emergências, combate a incêndios, treinamento, resgate em montanhas e evacuação médica.

Mais de 300 AW169s já foram encomendados e cerca de 150 unidades entregues da linha de montagem final em Vergiate (cidade na província de Varese, Itália) para operadores em 25 países. A frota global registrou no total mais de 125.000 horas de voo, operando em todos os tipos de operações e condições. O líder da frota ultrapassou 3.000 horas de voo em operações de EMS na Suécia.

Fonte: Defesa em Foco

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here