Akaer encerra mais uma participação de sucesso no Dubai Airshow

O CEO do Grupo Akaer, Cesar Silva (ao centro, de óculos), conversa no estande do Brasil no Dubai Airshow (Divulgação/Akaer)

A Akaer foi um dos destaques do Dubai Airshow, uma das maiores e mais importantes feiras dos setores Aeroespacial e de Defesa em todo o mundo.

Durante cinco dias de evento, a empresa recebeu delegações de países como Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Índia, Kwait, Paquistão, África do Sul, Turquia, Itália e Espanha.

A exposição da Akaer também foi prestigiada por autoridades brasileiras presentes na feira, como o comandante da Aeronáutica, Marcelo Kanitz Damasceno, e o diretor do Departamento de Promoção Comercial do Ministério da Defesa, contra-almirante Vagner Belarmino de Oliveira.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

“O Dubai Airshow foi uma excelente oportunidade para estreitar relacionamento com nossos clientes e reforçar a nossa presença global”, destacou o CEO do grupo Akaer, Cesar Silva.

Relevância

2 2
Vista geral do evento (Divulgação/DubaiAirshow)

Realizado entre os dias 13 e 17 em Dubai, nos Emirados Árabes, o evento reuniu os principais grupos do mundo nos setores Aeroespacial e de Defesa, além de autoridades governamentais e militares de 98 países.

A Akaer marcou presença com seu amplo portfólio, formado por tecnologias para aeronaves civis e militares, veículos aéreos não tripulados (UAVs), veículos terrestres blindados, câmeras de satélites, sistemas optrônicos avançados e subsistemas de mísseis, entre outros produtos.

O Oriente Médio tem peso estratégico nos planos de crescimento da empresa, com diversas parcerias já consolidadas.

Peso estratégico

Com uma sólida trajetória de mais de três décadas de atuação, a Akaer tem ampliado sua presença no cenário global, estabelecendo negócios em mais de 20 países.

A empresa tem sede em São José dos Campos (SP) e dois escritórios comerciais fora do Brasil, em Portugal e na Turquia.

Fonte: Defesa em Foco