Uma Iniciativa Estratégica para o Futuro Energético do Brasil

A Associação Brasileira para Desenvolvimento de Atividades Nucleares (ABDAN) iniciou sua participação na World Nuclear Exhibition (WNE) em Paris, marcando um momento importante para o setor nuclear brasileiro. Esta iniciativa, liderada pelo Presidente da ABDAN, Celso Cunha, reúne uma delegação de especialistas e líderes empresariais, representando uma oportunidade única para o Brasil expandir suas fronteiras no campo da energia nuclear.

Primeiros Passos na Embaixada da França

O primeiro compromisso oficial da missão ocorreu na Embaixada da França, um ambiente propício para estabelecer conexões diplomáticas e empresariais essenciais. A presença da delegação brasileira neste evento simboliza o compromisso do Brasil com a cooperação internacional e o desenvolvimento tecnológico no setor nuclear.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Representantes Notáveis na Delegação

A delegação brasileira em Paris é composta por importantes figuras do setor nuclear, incluindo Cristiane Pereira, Gerente de Marketing e Comunicação da ABDAN, Thayana Melo, Gerente de Relações Institucionais, e representantes de empresas associadas à ABDAN, como AMAZUL, ANDRADE GUTIERREZ, ATECH, DIAMANTE ENERGIA, ELETRONUCLEAR, NUCLEP, entre outras. Essa diversidade de especialistas e líderes empresariais mostra a amplitude e a seriedade do envolvimento brasileiro na arena nuclear global.

Expectativas para a WNE

A WNE, que começa hoje, é considerada um dos principais eventos do setor nuclear no mundo. Espera-se que a participação da delegação brasileira resulte em importantes discussões, parcerias e trocas de conhecimentos. Essa experiência será fundamental para impulsionar o desenvolvimento tecnológico, a cooperação internacional e a implementação de práticas sustentáveis no setor de energia nuclear do Brasil.

O Papel do Brasil no Cenário Nuclear Global

A participação ativa da ABDAN e de seus associados na WNE reforça o papel do Brasil como um player significativo no cenário nuclear global. A missão em Paris é um passo crucial para o Brasil na busca de soluções energéticas avançadas, sustentáveis e seguras, contribuindo para um futuro energético mais promissor e inovador.

Fonte: Defesa em Foco