Akaer e FINEP Firmam Parceria para Desenvolvimento de Veículo Lançador de Satélites

Imagem ilustrativa do projeto do veículo lançador de nano e microssatélites

A Akaer, uma renomada empresa brasileira atuante nos setores Aeroespacial e de Defesa, assinou um contrato significativo com a FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos), empresa pública de fomento ligada ao governo federal. O acordo prevê o desenvolvimento de um veículo lançador de pequeno porte, especializado no transporte de nano e microssatélites ao espaço. Este projeto, com investimento previsto de R$ 185 milhões ao longo de três anos, é um dos maiores contratos de subvenção econômica à inovação já realizados no Brasil.

Autonomia Brasileira no Acesso ao Espaço

A construção deste veículo lançador representa um avanço significativo para o Brasil, que busca assegurar maior autonomia de acesso ao espaço – uma capacidade atualmente restrita a apenas 13 países. Segundo Cesar Silva, CEO da Akaer, liderar um projeto de tal magnitude é uma grande honra para a empresa, refletindo seu compromisso contínuo com a inovação.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Solenidade de Anúncio em Brasília

foto 2
O CEO da Akaer, Cesar Silva (de óculos, ao centro), ao lado da ministra Luciana Santos e representantes das empresas Acrux, Breng e EMSYST

O anúncio oficial do contrato ocorreu durante uma solenidade em Brasília, com as presenças da ministra de Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, do presidente da FINEP, Celso Pansera, e de outras autoridades.

Trajetória e Experiência da Akaer

Com sede em São José dos Campos (SP), a Akaer possui 31 anos de experiência no desenvolvimento de tecnologias avançadas, mantendo negócios em mais de 20 países. A empresa tem colaborado ativamente com o Programa Espacial Brasileiro, participando de projetos de satélites da família CBERS (em parceria com a China), do AMAZONIA 1, do SGDC, e recentemente, do VCUB1, o primeiro nanossatélite de alto desempenho 100% brasileiro.

Detalhes do Projeto do Veículo Lançador

Selecionado em chamada pública do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), o projeto do veículo lançador visa atender às demandas crescentes do mercado de nanossatélites e microssatélites. O protótipo desenvolvido deverá ser capaz de transportar, no mínimo, cinco quilos de carga-útil na órbita equatorial, com operações de lançamento realizadas a partir do território brasileiro.

Impacto e Perspectivas Futuras

O projeto, além de trazer avanços científicos, posiciona o Brasil em um mercado emergente, que movimentou US$ 2,8 bilhões em 2022 e é esperado alcançar US$ 6,7 bilhões até 2027. A iniciativa da Akaer, em parceria com a FINEP, tem o potencial de gerar empregos, fomentar a capacidade de internacionalização e inserir o país em um segmento de mercado altamente promissor.

Fonte: Defesa em Foco