Pilar Fundamental para a Segurança Energética do Brasil

A 53ª edição da Assembleia Permanente pela Eficiência Nacional (ASPEN), organizada pelo Instituto BESC, colocou em foco a importância da energia nuclear para a segurança energética do Brasil. Com a participação de especialistas renomados, o evento, transmitido ao vivo pelo YouTube, proporcionou um debate aprofundado sobre o papel da energia nuclear no Sistema Interligado Nacional.

Contribuições Significativas dos Especialistas

Adauto Seixas, presidente da INB, foi uma das vozes líderes no evento, defendendo a necessidade de uma colaboração mais estreita entre empresas e instituições do setor para aumentar a participação da energia nuclear na matriz energética brasileira. Ele destacou as usinas nucleares como geradores de base, essenciais para a estabilidade e segurança do sistema elétrico brasileiro.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Marcelo Gomes da Silva, da Eletronuclear, complementou a discussão, apontando para a eficiência espacial da energia nuclear. Ele usou o exemplo do complexo de usinas em Angra dos Reis para ilustrar a densidade energética que a energia nuclear pode oferecer, ressaltando sua confiabilidade e consistência.

Por outro lado, Carlos Matias, vice-almirante e diretor técnico da Amazul, abordou a gestão do conhecimento no setor nuclear. Ele enfatizou a importância de preservar e transmitir o conhecimento técnico para avançar nas tecnologias nucleares, reconhecendo o valor dos profissionais da área e seu conhecimento acumulado.

Um Evento Informativo e Interativo

O evento foi marcado por um diálogo enriquecedor entre os especialistas e o público, tanto presencial quanto online. As discussões abordaram não apenas o papel da energia nuclear na matriz elétrica, mas também suas aplicações pacíficas. A interatividade e o nível informativo do debate foram pontos altos, proporcionando um entendimento mais claro sobre as perspectivas e desafios da energia nuclear no Brasil.

Fechamento Construtivo da Visita Técnica

A 53ª ASPEN foi considerada pelos organizadores e participantes como uma oportunidade valiosa para entender melhor o cenário atual e futuro da energia nuclear no Brasil. O evento representou um passo significativo na discussão sobre a diversificação da matriz energética brasileira e o papel vital da energia nuclear nesse contexto.

Com infos da INB

Fonte: Defesa em Foco