EUA e BAE Systems Firmam Acordo para Produção do Obuseiro M777

A BAE Systems, em um passo estratégico importante, assinou um acordo com o Exército dos Estados Unidos para a produção das estruturas principais do obuseiro leve M777. Este acordo, sob a Ação de Contrato Não Definida (UCA) e limitado a US$ 50 milhões, sinaliza uma fase crucial para o reinício da produção deste equipamento bélico. Este obuseiro, conhecido pela sua leveza e eficiência, é uma peça central na artilharia moderna, sendo de vital importância para as operações militares atuais, especialmente considerando o contexto de uso na Ucrânia.

Integração Transatlântica na Produção

A BAE Systems, aproveitando sua rede de cadeia de suprimentos tanto no Reino Unido quanto nos Estados Unidos, se concentrará na produção das estruturas de titânio que formam a base do M777. Estas estruturas são fundamentais para manter a natureza leve do canhão, uma característica que define a sua eficácia em combate. A entrega das primeiras unidades está prevista para 2025, marcando um avanço significativo na capacidade operacional do Exército dos EUA e de seus aliados.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Demanda Global e Potencial de Expansão

Observa-se um aumento na demanda pelo sistema de armas M777 em regiões como Europa, Ásia e Américas, refletindo a confiança global neste obuseiro. O novo contrato não apenas permite a retomada da produção no Reino Unido, mas também abre caminho para que novos e atuais usuários se juntem a esta iniciativa, beneficiando-se de economias de escala e da comprovada eficácia de combate do M777. Países como EUA, Canadá e Austrália já demonstraram seu apoio ao doar M777s para a Ucrânia, enfatizando a importância deste sistema na geopolítica contemporânea.

O Futuro do M777: Inovação e Versatilidade

John Borton, vice-presidente e gerente geral da BAE Systems Weapons Systems UK, destacou a importância do reinício da produção do M777, especialmente considerando sua utilização na Ucrânia. O M777 é notável por ser metade do peso de outros obuseiros rebocados de 155 mm, oferecendo uma resposta rápida e eficaz em condições de combate. A BAE Systems planeja manter o M777 na vanguarda da tecnologia de artilharia, incorporando inovações como munições guiadas de precisão de longo alcance e opções flexíveis de mobilidade.

Fonte: Defesa em Foco