Home Blog Page 2

CDTN recebe mais de sete mil litros de rejeitos radioativos

0

blank

Google News

O Serviço de Gerência de Rejeitos (SEGRE), do Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN), já recebeu 7.400 litros de rejeitos radioativos e de fontes radioativas fora de uso para armazenamento desde o início de 2022. Os rejeitos radioativos são derivados de diversas aplicações da energia nuclear.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

Mais recentemente, em abril, o CDTN recebeu 14 tambores de 200 litros de rejeitos radioativos derivados de um navio da década de 1950 que foi descomissionado. O material, enviado pela Marinha do Brasil, continha tinta de trítio, um elemento radioativo, e está armazenado de forma segura nas instalações do CDTN.

Outros quatro tambores de 200 litros também foram recebidos pelo CDTN. Enviados pelo Centro Regional de Ciências Nucleares do Centro-Oeste (CRCN-CO/CNEN), os tambores continham detectores de fumaça e pára-raios radioativos. O CDTN também recebeu 19 tambores de 200 litros de rejeitos radioativos sólidos provenientes do Instituto de Radioproteção e Dosimetria (IRD/CNEN).

O recebimento de rejeitos radioativos no CDTN é uma das atribuições legais da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e também envolve atividades de tratamento e acondicionamento dos materiais, posteriormente armazenados de forma segura nas instalações do Centro, aguardando alternativas para deposição final no país.

Fonte: CDTN

Fonte: Defesa em Foco

Ares apresenta simulador para torres de 30mm em Festa da Cavalaria

0

blank
Divulgação

Google News

A Ares participou da Festa da Cavalaria, promovida pelo Exército Brasileiro no último sábado, em Tramandaí (RS). O evento marcou as celebrações do 214º aniversário do Patrono da Arma de Cavalaria, Marechal Manoel Luis Osório.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

A empresa apresentou o simulador desenvolvido para a Torre de 30mm do Exército Brasileiro UT30BR.

A Festa da Cavalaria contou com diversas apresentações hípicas, além dos blindados 6X6 VBR EE-9 Cascavel e VBTP Guarani, VBC CC Leopard 1A5 e VBTP-SL M113 BR, com o apoio aéreo de aeronaves. Foram exibidas 12 viaturas e três helicópteros – um modelo Esquilo, um Cougar e um Pantera.

O tradicional evento contou com a presença do vice-presidente da República, general Hamilton Mourão e outras autoridades, entre elas, o chefe do Estado-Maior do Exército, General Valério Stumpf Trindade e o Comandante do Comando Militar do Sul, General Fernando José Sant’Ana Soares e Silva.

Download PDF

Fonte: Defesa em Foco

XMOBOTS e MBDA assinam memorando para o desenvolvimento de Drones Armados de olho no Exército Brasileiro

0

blank
Equipe de produção da XMobots com RPA Nauru 1000C

Google News

A XMobots, a empresa de drones número um na América Latina, e a MBDA, a maior empresa de mísseis da Europa, assinaram um MoU(Memorando de Entendimento) para trabalhar em conjunto na prova de conceito para a integração do míssil ENFORCER no RPAS Nauru 1000C.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

O Nauru 1000C é o RPAS CAT 2 selecionado pelo Exército Brasileiro para missões ISTAR (Inteligência, Vigilância, Aquisição de Alvos e Reconhecimento), pesando 150kg.

O míssil ENFORCER é um sistema de armas leves guiadas de nova geração, pesando cerca de 7kg e fornecendo a capacidade de derrotar uma ampla variedade de alvos leves e ligeiramente blindados, incluindo veículos de movimento rápido e alvos protegidos.

blank
Míssil Enforcer da MBDA

De acordo com Giovani Amianti, CEO da XMobots, além das atividades de prova de conceito, o MoU também traz a oportunidade de cooperação industrial e projetos de compensação com a indústria brasileira.

“A XMobots sempre se destacou no mercado de drones civis e por suas certificações ANAC (CAA brasileira), tornando-se a única empresa de drones com RPAS certificadas pela ANAC a voar acima de 400 pés (aproximadamente 122 metros) ou BVLOS em um alcance de 30 km. A entrada no mercado de Defesa em 2019 trouxe o objetivo de atender demandas recorrentes das Forças Armadas Sul-Americanas. Essa parceria com a MBDA consolida nossa capacidade tecnológica, colocando o Brasil em um grupo diferenciado de países que desenvolvem e produzem drones armados”, explica Amianti.

blank
RPAS Nauru 1000C integrado com mísseis Enforcer

“Um ponto relevante é o fato de o ENFORCER ser o primeiro míssil a ser integrado a um drone brasileiro, o que resultará em uma disrupçãotecnológica no mercado de drones armados de baixo custo, já que os mísseis RPAS Nauru 1000C e ENFORCER são significativamente pequenos e leves, e ambos apresentam melhor relação custo-benefício”, elogia Amianti.

Patrick de La Revelière, vice-presidente da MBDA para a América Latina, disse: “Estamos muito satisfeitos em estabelecer formalmente nosso novo relacionamento com a XMobots. Este MoU demonstra mais uma vez nosso compromisso com parcerias de longo prazo com a indústria brasileira. Por meio da cooperação industrial, a MBDA continuará fortalecendo nossos laços com organizações brasileiras para criar tecnologias de primeira classe para as Forças Armadas Brasileiras, após projetos anteriores de transferência de tecnologia bem-sucedidos no Brasil. Estamos ansiosos para trabalhar com a XMobots, aprofundando assim nosso relacionamento estratégico para o futuro.”

blank
Assinatura do MOU por representantes da XMOBOTS e da MBDA

A MBDA é o único grupo de defesa europeu capaz de projetar e produzir mísseis e sistemas de mísseis que correspondem a toda a gama de necessidades operacionais atuais e futuras das três Forças Armadas (terrestre, naval e aérea). A MBDA é de propriedade conjunta da Airbus (37,5%), BAE Systems (37,5%) e Leonardo (25%), e atualmente fornece às Forças Armadas Brasileiras mísseis de defesa aérea de curto alcance Mistral, todas as três versões do míssil antinavioExocet e os sistemas de defesa aérea Sea Ceptor, entre outros, no programa de fragatas classe Tamandaré. A MBDA também se orgulha de oferecer mísseis de classe mundial, como Meteor, Brimstone e ASRAAM, entre outros, para aeronaves de combate.

Imagens: Xmobots
Download PDF

Fonte: Defesa em Foco

AKAER vence licitação do Exército Brasileiro para modernização do EE-9 Cascavel

0

blank
VBR EE-9 Cascavel – Exército Brasileiro

Google News

A Akaer Engenharia S.A venceu a licitação aberta pelo Exército Brasileiro para a modernização de um lote inicial de 9 unidades da viatura blindada de reconhecimento média sobre rodas EE-9 CASCAVEL. O resultado da concorrência foi publicado no Diário Oficial da União no início deste mês, em 4 de maio.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

Essa conquista consagra o trabalho da Akaer, que há mais de 30 anos é reconhecida mundialmente pelo seu histórico no desenvolvimento de tecnologias de ponta dedicadas à defesa. “Trata-se de um projeto pioneiro com potencial de aplicação para toda a frota desse veículo em uso pelo nosso país, após a validação desse lote inicial a ser feita pelo Exército Brasileiro”, afirma o diretor comercial da Akaer, Aldo da Silva Junior.

O projeto consiste em um amplo pacote de modernização e adoção de novas tecnologias que envolve uma nova motorização e suspensão, fundamentais para incrementar as capacidades de locomoção do veículo nos mais variados tipos de terreno. Um sistema de ar-condicionado será implantado para melhorar o ambiente operacional da tripulação composta por motorista, atirador e comandante.

Em relação a consciência situacional, característica vital para as rápidas tomadas de decisões no campo de batalha, a Akaer irá substituir a atual torre mecânica do comandante por uma nova torre automatizada.  Essa melhoria irá incrementar a velocidade de resposta aos comandos e precisão de operação.

Visando o aumento da efetividade operacional no emprego de armas, o programa inclui a substituição das miras ópticas, por um moderno sistema optrônico para busca e pontaria dos alvos e identificação de eventuais ameaças. Essa tecnologia permitirá a operação diurna e noturna e em condições atmosféricas degradadas.

blank
VBR EE-9 Cascavel – Exército Brasileiro

Um moderno computador de tiro será responsável pela execução de todos os cálculos balísticos, proporcionando um aumento significativo na probabilidade de acerto de alvos.

O sistema eletrônico contará com um computador de comando e controle o qual irá analisar em tempo real todos os sensores espalhados pelo veículo para a leitura dos parâmetros ambientais que interferem na execução das missões.

O EE-9 Cascavel modernizado contará com a adição de um lançador de mísseis antitanque em sua torre principal introduzindo essa capacidade em veículos blindados de reconhecimento do Exército Brasileiro.

A conquista desse projeto foi ressaltada pelo CEO da Akaer, Cesar Silva.

“A Akaer sente-se honrada em ter sido selecionada pelo Exército Brasileiro para o programa de modernização do EE-9 Cascavel. É uma clara demonstração de reconhecimento da capacidade da engenharia e da indústria nacional em apoio às necessidades das forças armadas no Brasil”, declarou o CEO.

Download PDF

Fonte: Defesa em Foco

CBC fornece 96 mil munições para Guarda Municipal de Petrolina (PE)

0

blank

Google News

A Prefeitura de Petrolina anunciou que garantiu a compra de 96 mil munições para o armamento utilizado pela Guarda Civil Municipal (GCM) no serviço de patrulhamento preventivo desenvolvido nas ruas do município. A compra foi efetivada junto a Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC).

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

Os equipamentos da CBC foram entregues à corporação pelo prefeito Simão Durando, ao lado do ex-prefeito Miguel Coelho. O investimento é de aproximadamente R$ 652 mil.

Foram adquiridas ainda, segundo a gestão, submetralhadoras e mais munições que chegarão posteriormente. De acordo com Simão Durando, os lotes de munições contemplarão projéteis que serão utilizados no serviço ordinário de rua e outro específico para treino. Nesse último caso, a munição será exclusivamente utilizada para o aperfeiçoamento do manuseio e uso de arma de fogo por parte dos integrantes da Guarda Civil Municipal.

“Essa é mais uma iniciativa da gestão municipal que tem o objetivo de aparelhar melhor nossos servidores para atender a demanda de segurança da cidade. Até agora, foram investidos mais de R$ 7,5 milhões em melhorias na corporação, os recursos foram utilizados na aquisição de novos equipamentos; uniformes, treinamentos; novas viaturas, em que passamos de 7 para 54 veículos; auxílio fardamentos, criação das patrulhas da Mulher e Ambiental, entre outros, além do concurso público em que 42 agentes foram chamados para reforçar o time da força azul”, concluiu o prefeito Simão Durando.

Fonte: Defesa em Foco

Aos 14 anos, Hussein Daruich, atleta brasileiro de Fossa Olímpica patrocinado pela TAURUS e CBC, conquista medalha de bronze na Alemanha

0

blank

Google News

O jovem paranaense Hussein Daruich segue surpreendendo o cenário mundial do tiro esportivo. Aos 14 anos, o atleta, patrocinado pela Taurus e Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC), conquistou a medalha de bronze para o Brasil na final da Fossa Olímpica Masculina da ISSF World Cup Júnior Rifle/Pistol/Shotgun, que está sendo disputada de 9 a 20 de maio em Suhl, na Alemanha.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

blank

Hussein Daruich terminou em 3º lugar entre 65 competidores, sendo o atleta mais novo entre os participantes. A categoria Junior contempla atletas de até 21 anos. A medalha de ouro ficou para o australiano Marco Vincenzo Corbo, de 18 anos, e a prata com o americano Lance Thompson, de 20 anos.

Na fase de classificação, o brasileiro Hussein Daruich ficou na 3ª colocação, com 120 em 125 pontos possíveis e na semi-final passou em 1º lugar.

blank

A seleção brasileira da CBTE (Confederação Brasileira de Tiro Esportivo) também contou com outros participantes na competição. Na mesma prova disputada por Hussein, Haddy Darwich Gomes foi o 30º com 111 pontos de 125, e Igor Mera o 31º com a mesma pontuação.

Na Fossa Olímpica Feminina, a brasileira Hanna Daruich ficou em 19º lugar, com 106 pontos de 125 possíveis.

blank

Jovem prodígio do Tiro Esportivo

Filho do casal Abdul Daruich e Marianne Daruich, Hussein conta que o seu tio, Adl Mohamad Darwich, também atirador, que o motivou a entrar no esporte desde os 4 anos. Com 8 anos de idade, Hussein ganhou sua primeira arma calibre 36, e posteriormente uma semiautomática calibre 12, que o motivou ainda mais a seguir praticando. Após, mandou fazer uma arma com coronha sob medida.

O atleta começou na modalidade Trap Americano, frequentando provas em outras cidades, inclusive em grandes centros, como em São Paulo e Curitiba. Aos 11 anos, participou do Campeonato de Guarapuava (adulto) e foi finalista na prova de Excelência, fazendo 116 pontos em 125.

No Regional Sudeste da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo (CBTE), torneio realizado em maio de 2021, Hussein conseguiu brilhantes resultados, como o 1º lugar em sua categoria (com resultado de 67 pontos em 75) e 3º lugar (com 114 pontos em 125) no Gran Prix Clube de Caça e Tiro São Paulo disputado entre todos os atletas.

Em setembro de 2021, aos 13 anos, Hussein Daruich se tornou campeão da 4ª etapa do Campeonato Brasileiro de Excelência em São Paulo, disputando com outros 96 atletas, dos quais apenas sete jovens e o restante adultos. Na etapa de classificação, Hussein acertou 119 pratos de 125. Na final, dos 50 tiros possíveis, o jovem acertou 45 pratos. O 2º colocado acertou apenas 39, o que evidencia ainda mais o potencial de Hussein.

A modalidade Fossa Olímpica é uma das mais difíceis existentes no tiro aos pratos. O atirador tem que acertar os disparos em um alvo – um prato de cerâmica de 11 cm por 2 cm de altura em média – em movimento a mais de 100 km/h já na saída.

Fonte: Defesa em Foco

ABIMDE, a Voz da Indústria de Defesa e Segurança, estará no SpaceBR Show

0

blank

Google News

A ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança) participará do SpaceBR Show 2022, que será realizado de 17 a 19 de maio no Centro de Convenções Frei Caneca, na capital paulista. O evento reunirá empresas, universidades, instituições e governo, com o propósito de conectar e promover cooperações entre os diversos atores da comunidade do setor.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

blank

Reconhecida como a Voz da Base Industrial de Defesa e Segurança (BIDS), há quase 37 anos a ABIMDE promove ações para valorização e fomento das empresas do setor nos mercados nacional e internacional. Dentre suas quase 200 associadas, estão empresas que atuam também no setor aeroespacial, como a Ares, Avibras, Akaer, NSE Brasil, Omnisys, Orbital, Stella e Thales, entre outras.

As indústrias da BIDS geram cerca de 2,9 milhões de empregos diretos e indiretos em todo o Brasil e respondem por quase 4,5% do PIB nacional. Em 2021, as exportações do setor superaram 1,5 bilhão de dólares.

Os dados, divulgados pelo Ministério da Defesa, mostram a relevante contribuição da Indústria de Defesa e Segurança para o fortalecimento da economia brasileira. O setor também é de extrema importância para a soberania e autonomia tecnológica nacional. E a BIDS tem potencial para crescer muito mais.

A ABIMDE, como legítima interlocutora desta Indústria, busca reduzir os entraves burocráticos e tornar os produtos brasileiros mais competitivos. Neste sentido, a entidade vem ampliando o diálogo com todas as esferas do governo e com as Forças Armadas e de Segurança, com o objetivo de consolidar políticas e programas que assegurem o desenvolvimento da BIDS.

A ABIMDE também oferece uma série de serviços às suas associadas e demais empresas de Defesa e Segurança. Alguns desses serviços serão apresentados durante o SpaceBR Show 2022, com destaque para a Certificação de Produtos Controlados.

Desde o ano passado, a ABIMDE é acreditada pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) e designada pelo Exército para certificar produtos controlados produzidos ou comercializados em todo o país, tanto por fabricantes nacionais quanto por importadores.

Entre os produtos que podem ser certificados pela ABIMDE estão armas de fogo, munições, coletes e capacetes balísticos, blindagens automotivas, armas e munições menos letais, explosivos e pirotécnicos.

Fonte: Defesa em Foco

Embraer promove portfólio de Defesa e Segurança na Black Sea Defense, Aerospace and Security (BSDA), na Romênia

0

blank

Google News

Com um dos portfólios mais amplos e as soluções mais inovadoras para os mercados de defesa e segurança, a Embraer estará presente na Black Sea Defense, Aerospace and Security (BSDA) International Exhibition, em Bucareste, na Romênia, entre os dias 18 e 20 de maio. Os produtos e soluções da Embraer Defesa & Segurança estão presentes em mais de 60 países e incluem a aeronave multimissão de transporte C-390 Millennium e a aeronave de ataque leve e treinamento A-29 Super Tucano, além de amplas soluções para os segmentos aéreo, terrestre, marítimo, espacial e cibernético.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

O C-390 Millennium e sua configuração de reabastecimento aéreo, o KC-390, são a nova geração de aeronaves multimissão de transporte militar que oferecem mobilidade e capacidade de carga incomparáveis, rápida reconfiguração, alta disponibilidade, conforto aprimorado, e segurança de voo, bem como gerenciamento otimizado de custos operacionais reduzidos ao longo do ciclo de vida da aeronave – tudo em uma única plataforma.

Desde a primeira entrega à Força Aérea Brasileira (FAB), em 2019, o KC-390 Millennium tem comprovado sua capacidade, confiabilidade e desempenho. A aeronave foi amplamente utilizada em operações de transporte de equipamentos e suprimentos médicos, desde oxigênio líquido a veículos para todo o Brasil no auge da pandemia de covid-19. A frota atual de KC-390 da FAB é composta por cinco unidades e todas estão em pleno funcionamento. A frota já ultrapassou as 5 mil horas de voo em operação com uma taxa de conclusão de missão de 97%, demonstrando excelente disponibilidade e produtividade em sua categoria.

Fora do Brasil, o KC-390 também foi utilizado em missões internacionais em agosto de 2020, quando levou suprimentos a Beirute, no Líbano, após a devastadora explosão do porto da cidade. O KC-390 também foi enviado ao Haiti, em setembro de 2021, após um terremoto e um ciclone. Mais recentemente, a aeronave foi usada na Polônia para resgatar brasileiros e cidadãos de outras nacionalidades que fugiam do conflito na Ucrânia.

As Forças de Defesa da Hungria e a Força Aérea Portuguesa assinaram pedidos para a aeronave. Tanto a frota portuguesa como a húngara serão configuradas para realizar reabastecimento aéreo e são totalmente compatíveis com as operações da OTAN, não apenas em termos de hardware, mas também em sua configuração de aviônica e comunicações. A frota da Forças de Defesa da Hungria será a primeira do mundo a contar com uma configuração de Unidade de Terapia Intensiva em sua configuração, característica essencial para a realização de missões humanitárias.

No início deste ano, a frota mundial de aeronaves A-29 Super Tucano atingiu 500 mil horas de voo. Com mais de 260 unidades entregues, a aeronave já foi selecionada por mais de 15 forças aéreas em todo o mundo, sendo as entregas mais recentes para as forças aéreas das Filipinas e da Nigéria.

Fonte: Defesa em Foco

Diretor de Sistemas de Armas da Marinha e Comitiva visitam a sede da Ezute

0

blank

Google News

No dia 29 de abril, a Ezute recebeu a visita do Vice-Almirante Marco Antônio Ismael Trovão de Oliveira e sua comitiva da DSAM – Diretoria de Sistemas de Armas da Marinha, integrada pelo CMG Walter Pereira de Menezes; CMG (EN) Auro José Alves de Santana; e CC Fúlvio Freitas Oliveira.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

A Fundação contribui com a DSAM no programa do Míssil Antinavio Nacional de Superfície, o MANSUP, desde a sua fase de desenvolvimento de protótipo, denominada como Etapa 2. Atualmente são realizados pela Ezute serviços especializados de Gerenciamento Complementar e Consultoria Técnica na Etapa 3, fase do programa que prevê a transformação de protótipo em produto e a qualificação do míssil.

A visita foi realizada na sede da Fundação em São Paulo e teve como objetivo estreitar o relacionamento entre as partes, apresentar equipe e instalações, bem como alinhar próximas ações do programa através do recebimento de orientações da DSAM.

Fonte: Defesa em Foco

Solenidade marca posse dos Conselhos e do General Mattioli na Presidência Executiva da ABIMDE e homenagem a Marcos Degaut

0

blank

Google News

Os Conselhos Diretor e Fiscal da ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança), para o triênio 2022-2024, foram solenemente empossados em uma cerimônia presidida pelo Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, engenheiro Paulo Alvim, realizada nesta terça-feira (10), em Brasília (DF). Durante o evento, foi feita também a transmissão do cargo de Presidente Executivo, pelo Almirante Rodrigo Otávio Fernandes de Hônkis ao General Aderico Visconte Pardi Mattioli, e uma homenagem ao Dr. Marcos Degaut, Secretário de Produtos de Defesa (SEPROD), do Ministério da Defesa.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

A cerimônia aconteceu no Clube Naval de Brasília e contou com mais de 200 convidados, entre embaixadores e adidos de defesa de países amigos, autoridades do Governo e das Forças Armadas, parlamentares e representantes de empresas da Base Industrial de Defesa e Segurança (BIDS)

Entre os convidados, estavam presentes além do Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Engenheiro Paulo César Rezende de Carvalho Alvim; o Secretário Geral da Marinha, Almirante de Esquadra Marcelo Francisco Campos; o Diretor-Geral do Material da Marinha (DGMM), Almirante de Esquadra José Augusto Vieira da Cunha de Menezes; o ex-Chefe do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente Brigadeiro do Ar Raul Botelho; o Subcomandante Logístico do Exército, General de Divisão Ivan Ferreira Neiva Filho; o presidente da Indústria de Material Bélico, General de Divisão Ricardo Rodrigues Canhaci; o presidente da Agência de Promoção de Exportações, senhor Augusto Souto Pestana, e os deputados federais Perpétua Almeida, Luiz Philippe de Orleans e Bragança e Carlos Zarattini.

O Conselho Diretor da ABIMDE é constituído pelo presidente, o empresário Dr. Roberto Gallo, CEO da empresa Kryptus, seis vice-presidentes e cinco diretores; o Conselho Fiscal é composto por três titulares e três suplentes.

blank

“A Indústria de Defesa e Segurança é fundamental para o País. Nas Forças, a gente fala sobre sua importância para a soberania do país, no nosso Ministério falamos sobre a soberania tecnológica. Não existe futuro sem soberania tecnológica”, disse o Ministro Paulo Alvim, ressaltando a necessidade de criação de mecanismos para apoio, fomento e ampliação de crédito para o setor.

Pujança da BIDS

“No Brasil, a Base Industrial de Defesa e Segurança emprega cerca de 2,9 milhões de pessoas direta e indiretamente e movimenta cerca de 4,8% do PIB – participação maior do que a cadeia do trigo.  Para cada 1 real que o Estado brasileiro investe em Defesa, outros 9 reais são arrecadados, principalmente em função das pujantes exportações nacionais, bem como da dualidade dos produtos de Defesa e Segurança que as empresas têm empregado na esfera civil.”

Os dados foram citados pelo Presidente do Conselho Diretor da ABIMDE, Dr. Roberto Gallo. Em seu segundo mandato à frente da entidade, ele destacou que os números são méritos da indústria e do trabalho realizado em parceria com o Ministério da Defesa e Forças Singulares, Itamaraty; Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; Congresso Nacional; APEX Brasil e de patriotas que apoiam o desenvolvimento industrial do país.

“Quando mencionamos ‘Indústria’ na realidade estamos nos referindo à atividade econômica de Defesa e Segurança que possui geração de valor e que vai da Pesquisa e Desenvolvimento, passando pela Produção e Manutenção, até o Descarte dos sistemas de Defesa e Segurança. Ou seja, se trata de setor essencialmente transversal. A mesma afirmação podemos fazer sobre os tipos de produtos que vão desde o submarino até o míssil, passando por cibernética e espaço”, disse o Presidente da ABIMDE, apontando que a sociedade precisa tomar conhecimento dessas informações e apoiar os investimentos no setor.

Dr. Gallo fez um breve histórico da trajetória da ABIMDE, que em agosto completa 37 anos, e destacou conquistas e ações implementadas em prol do setor.

Entre as realizações, ele destacou o sucesso da 6ª Mostra BID Brasil, que tem nova edição confirmada para 6 a 8 de dezembro deste ano; a criação da ABIMDE Certificadora – organismo independente de certificação de produtos controlados; o Projeto APEX-ABIMDE para fomento das exportações, e trabalho de modernização da administração da Associação desde o seu primeiro mandato iniciado em 2019.

“Todas estas conquistas não seriam possíveis sem a liderança serena do Vice-Almirante Rodrigo à frente do excepcional time executivo da ABIMDE. Agradeço ao Almirante pela lealdade e excepcional sabedoria com o qual me apoiou e ajudou inúmeras vezes nestes três anos.”

De acordo com o Dr. Gallo, tendo as atividades correntes em ótimo desempenho, o Conselho Diretor decidiu fixar atenção nos avanços legislativos necessários para o desenvolvimento do setor e do país. E para colaborar nesse objetivo assumiu o cargo de Presidente Executivo da ABIMDE, o General Mattioli, que desempenhará a função a partir de Brasília, visando maior estreitamento de relações com o Congresso e Órgãos de Governo.

Homenagem ao SEPROD

blank

O Presidente do Conselho Diretor da ABIMDE ressaltou a contribuição do governo e de parlamentares nos últimos anos, em especial a relação de parceria com a Secretaria de Produtos de Defesa.

“Ao Dr. Degaut, vão os nossos especiais agradecimentos pelo afinco com que se dedica à causa da economia de Defesa e Segurança, onde coloca coração, alma e corpo, muitas vezes mediante sacrifícios pessoais. E das inúmeras contribuições que tem dado à indústria desde que chegou ao cargo, destaco o trabalho de relacionamento internacional que abriu e abre muitas portas para muitas empresas, em muitos países, ao redor do mundo”, afirmou Dr. Gallo.

Em nome da ABIMDE, o Presidente entregou uma placa de agradecimento ao secretário.

Dr. Degaut ficou emocionado com a homenagem e prestou continência aos presentes, agradecendo a todos os profissionais e instituições com quem teve relacionamento durante sua permanência na SEPROD. Ele também encaminhou uma mensagem às associadas da ABIMDE:

“Uma indústria de defesa nacional robusta, complexa e diversificada representa um dos pilares básicos da soberania nacional ao prover os meios que as Forças Armadas precisam para cumprir suas missões constitucionais e institucionais, com autonomia tecnológica e estratégica.

Essa premissa fundamenta nossos esforços permanentes para criar um ambiente de negócios interno e externo, que permita ao setor privado, à nossa indústria de defesa, cumprir sua vocação, que é gerar emprego, renda e tecnologia para nossa gente, para nosso Brasil.

Nós não abandonaremos essa missão, e sustentaremos o fogo. A palavra desistir não faz parte do nosso repertório, e com essa união de esforços vamos conseguir esses objetivos.”

Transmissão do Cargo de Presidente Executivo

blank

Despedindo-se do cargo de Presidente-Executivo, o Almirante Rodrigo agradeceu à equipe de colaboradores da diretoria executiva, aos parceiros, às associadas, aos Conselheiros e ao Presidente da ABIMDE pela confiança e apoio recebido ao longo dos últimos três anos.

“Ao General Mattioli desejo muita sorte, felicidades e sucesso nas atividades que vai passar a exercer. Continuem a contar comigo sempre que precisarem. Estarei exercendo a assessoria ao Diretor Geral de Material da Marinha no trato com a indústria de defesa. Onde estiver estarei à disposição de todos. Vida longa à Base Industrial de Defesa e Segurança! Vida longa e pujante a ABIMDE!”, finalizou o Almirante.

Em mensagem encaminhada às associadas, o General Mattioli disse ser uma honra assumir a Presidência Executiva da ABIMDE e que vai trabalhar para superar as expectativas das associadas e da Diretoria da entidade.

“Agradeço à direção da ABIMDE, a Voz da Base Industrial de Defesa e Segurança, e espero retribuir a confiança em mim depositada. Assumo agora uma grande missão como aliado da nossa indústria, e entre meus objetivos, quero destacar que vou me empenhar para melhorar a articulação e o diálogo entre as empresas associadas e os Poderes Legislativo, Executivo e as Forças Armadas, para que possam suplantar os entraves que dificultam o pleno desenvolvimento do setor”, disse o General.

Fonte: Defesa em Foco