Home Notícias São José dos Campos ganha título de “Capital do Avião”

São José dos Campos ganha título de “Capital do Avião”

0
São José dos Campos ganha título de “Capital do Avião”

A cidade de São José dos Campos (SP) foi declarada “Capital Estadual da Indústria Aeroespacial – Capital do Avião”, por meio de uma lei estadual. O município abriga a sede da Embraer, o DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial), o ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), e o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), além de diversas empresas do setor aeroespacial brasileiro.

A  lei que concedeu o título é de autoria da deputada estadual Leticia Aguiar, que é natural de São José dos Campos, na Região Metropolitana do Vale do Paraíba. A lei nº 17.418, de 08 de outubro de 2021, foi sancionada pelo governador João Doria e tem função simbólica e de reconhecimento ao setor aeronáutico.

“Fico feliz que o Estado de São Paulo, faça este reconhecimento mesmo que seja mais de 72 anos da implantação do DCTA e do ITA e mais de 52 anos depois da fundação da Embraer, São José dos Campos se desenvolveu a partir do desenvolvimento da indústria aeroespacial”, disse.

A ideia de conceder o título honorífico a São José dos Campos é antigo, com diversas figuras públicas tendo defendido a ideia ao longo dos anos. Leticia disse que teve como inspiração, o desejo e o legado do Engenheiro Coronel Ozires Silva, fundador da Embraer.

“Com a Lei, a vocação de São José dos Campos foi chancelada pela população do estado de São Paulo, de modo que o campo está aberto, aberto para iniciativas semelhantes e que possam proporcionar melhores oportunidades para todos os cidadãos das cidades que desejam conquistar um lugar de destaque entre as cidades do Brasil”, destacou Ozires Silva.

São José dos Campos se destaca há várias décadas como berço da inovação tecnológica brasileira. “Por todo o histórico da cidade, receber o título já seria um importante reconhecimento, mas esta lei tem como objetivo de chamar a atenção do Estado Brasileiro para a necessidade de incentivo e capacitação da indústria aeroespacial brasileira para a competição global”, destacou Aguiar.

Outra iniciativa em curso é o desenvolvimento do cluster aeroespacial brasileiro que representam segmentos diversos das cadeias da indústria aeronáutica, espacial e de defesa, que atualmente somam um faturamento anual na ordem de R$ 38,5 bilhões (US$ 7 bilhões) e empregam 19 mil profissionais.

“Somente pelo histórico, nada mais justo do que dar a São José dos Campos o título de Capital Estadual da Indústria Aeroespacial – Capital do Avião, mas a lei tem também o objetivo de chamar a atenção do Estado Brasileiro para a necessidade de incentivo e capacitação da indústria aeroespacial brasileira para a competição global. E mostrar ao mundo que é em São José dos Campos, que se desenvolve o “estado da arte” em tecnologia para o setor”, disse a deputada.

Fontes: Portal Defesa Aérea&Naval e Aero Magazine

Fonte: Defesa em Foco

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here