Home Notícias Taurus sobe 48 posições no ranking das 500 maiores empresas da região Sul e está entre as 50 gigantes do Estado do RS

Taurus sobe 48 posições no ranking das 500 maiores empresas da região Sul e está entre as 50 gigantes do Estado do RS

0
Taurus sobe 48 posições no ranking das 500 maiores empresas da região Sul e está entre as 50 gigantes do Estado do RS

blank

A Taurus Armas está entre as 500 maiores empresas do sul do Brasil, ocupando a 79ª posição em um dos mais importantes rankings regionais, elaborado pelo Grupo Amanhã em parceria com a PWC. Em comparação à edição anterior, a empresa subiu 48 posições no ranking.

Das 100 maiores empresas do Rio Grande do Sul, a Taurus está entre as 50 gigantes do Estado, ocupando o 33º lugar e subindo 18 posições em relação ao ano anterior, resultado da grande reestruturação que a companhia realizou nos últimos anos, a melhora dos indicadores financeiros e operacionais, assim como o forte investimento em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e tecnologias.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

O ranking “500 Maiores do Sul” utiliza os balanços das empresas avaliados segundo o índice VPG – Valor Ponderado de Grandeza – média ponderada entre a Receita Líquida, Patrimônio Líquido e Resultado, com o intuito de ranquear as maiores e mais competitivas companhias da região Sul, as líderes no Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, além dos destaques em 28 setores da economia.

A premiação aconteceu em cerimônia presencial e online realizada nesta terça-feira, 29 de novembro, no Porto Alegre Innovation Center, no Rio Grande do Sul.

Segundo o CEO Global da Taurus, Salesio Nuhs, é um orgulho estar entre as principais empresas que movem a economia e são protagonistas do empreendedorismo na região Sul. Sediada em São Leopoldo, a Taurus emprega mais de 3.250 pessoas no estado do Rio Grande do Sul e é responsável por 36,7% das exportações do município.

Fonte: Defesa em Foco

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here