Home Notícias AEL Sistemas obtém certificação de exclusividade para sistema de adestramento de tropas blindadas

AEL Sistemas obtém certificação de exclusividade para sistema de adestramento de tropas blindadas

0
AEL Sistemas obtém certificação de exclusividade para sistema de adestramento de tropas blindadas

blank

Google News

No último dia 18, a AEL Sistemas, empresa brasileira de tecnologia em defesa, recebeu do Sindicato Nacional das Indústrias de Material de Defesa (SIMDE) a Declaração de Exclusividade para fabricação e fornecimento de seu sistema de alvos estáticos e móveis. O equipamento foi totalmente desenvolvido pela AEL e é destinado ao adestramento de tropas blindadas que utilizam principalmente os carros de combate Leopard 1-A5 e viaturas blindadas Guarani.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

O primeiro sistema, adquirido pelo Exército Brasileiro, já está em operação desde dezembro de 2021, quando foi instalado no Polígono de Tiro do Campo de Instrução Marechal Hermes (CIMH), localizado na cidade de Três Barras (SC). De acordo com o Gerente de Marketing da AEL, Mauro Beirão, este primeiro sistema é composto por oito alvos estáticos, um alvo móvel que se desloca sobre trilhos em uma extensão de 130 metros e por uma unidade de controle.

A Unidade de Controle fica posicionada em uma torre de observação, com visada para toda a área do exercício e é operada pela equipe de instrutores do adestramento. Ela possui um software com todas as coordenadas do terreno e permite que os instrutores acionem a elevação ou movimentação dos alvos.

Na inauguração do sistema, os primeiros disparos foram executados pelo Comandante Militar do Sul, General Ex. Valério Stumpf, pelo ex-comandante da 5a D.E., General Ex. José Freitas, pelo atual comandante da 5a D.E., General Div. Fabio Castro, e pelo comandante da 5a Brigada de Cavalaria Blindada General Bda. Sérgio Martins. Todos os oficiais aprovaram a solução, que também poderá ser instalada no Campo de Instrução Barão de São Borja, no Rio Grande do Sul e que já possui um sistema similar
importado da Alemanha, porém bem antigo.

“Este investimento feito pelo Exército no CIMH em Três Barras, proporcionará às tropas blindadas, que estão localizadas em Santa Catarina e no Paraná, uma grande economia de tempo e combustível, pois estas unidades blindadas não necessitarão deslocar-se até o Rio Grande do Sul para realizar seus exercícios de tiro real”, comenta o Gerente da AEL.

Fonte: Defesa em Foco

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here