Home Notícias Número de intenção de compra de armas nos EUA em setembro é o 3º maior da história para o mês

Número de intenção de compra de armas nos EUA em setembro é o 3º maior da história para o mês

0
Número de intenção de compra de armas nos EUA em setembro é o 3º maior da história para o mês

blank

Nesta terça-feira (04) foram divulgados os números do NICS – National Instant Criminal Background Check System (Sistema Nacional de Verificação Instantânea de Antecedentes Criminais) referentes a setembro de 2022. O índice representa a intenção de compra de armas de fogo nos Estados Unidos por meio da verificação de antecedentes feita pelo FBI.

blank

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Em setembro de 2022 foram 2,47 milhões de verificações. O número é o terceiro maior para o mês já registrado, considerando toda a série histórica iniciada em 1998, superado apenas por setembro dos anos “fora da curva” de 2021 e de 2020, o que evidencia uma demanda alta contínua no período por armas de fogo nos EUA.

A verificação de antecedentes não possui necessariamente relação com a venda de armas, mas é o melhor indicador existente para poder estimar a intenção de compra.

A grande procura pelos norte-americanos pode trazer resultados ainda mais significativos para a indústria de armas no mundo, inclusive para a brasileira Taurus, considerada a maior vendedora de armas leves do mundo e a mais importada no maior e mais competitivo mercado dos Estados Unidos.

Depois de atingir em 2020 e 2021 níveis de demanda jamais vistos, as condições do mercado norte-americano de armas mudaram um pouco no primeiro semestre deste ano e pôde-se perceber certa desaceleração na intenção de compra. Mesmo assim, o NICS (National Instant Criminal Background Check System) acumulado esse ano se manteve acima da média histórica dos anos anteriores à pandemia. Considerando o período de janeiro a junho, o Adjusted NICS atingiu 8,1 milhões de consultas em 2022, número 35% superior à média registrada no mesmo período dos anos de 2000 a 2021.

A Taurus vem ganhando participação no mercado norte-americano, com crescente procura dos consumidores pela marca, de forma que, atentos a esse movimento, os distribuidores nesse país ampliaram seus estoques de produtos Taurus. Com a diminuição do ritmo da demanda e a situação de alta da inflação nos EUA – 9,1% no acumulado dos últimos 12 meses até junho/22, mais alta taxa desde 1981 –, os distribuidores ajustaram seus pedidos, passando a trabalhar com seus estoques e, assim, reduzindo temporariamente os novos pedidos. Mesmo assim, a Taurus mantém back-order de 462 mil unidades.

No total, no primeiro semestre de 2022 foram 1 milhão de armas Taurus vendidas, sendo 770 mil unidades nos EUA, se mantendo como o principal mercado para a Taurus.

Tomando por base o primeiro semestre de cada ano entre 2018 e 2022, as vendas Taurus nos EUA registraram taxa média de crescimento composto (CAGR) de 10% ao ano no período, comparado ao aumento do CAGR de 5% do NICS, o que evidencia o ganho de mercado da companhia nesse país no decorrer dos últimos anos.

Fonte: Defesa em Foco

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here