EMBRAER E RHEINMETALL AVALIAM CENTRO DE TREINAMENTO DO C-390 NA EUROPA

A Embraer e a Rheinmetall estão avaliando a criação de um Centro de Treinamento para o C-390 na Europa. Esta iniciativa visa atender à crescente demanda de clientes europeus da aeronave, proporcionando suporte dedicado tanto para clientes atuais quanto futuros.

Atualmente, a Embraer possui um Centro de Treinamento do C-390 no estado de São Paulo, Brasil, equipado com um Simulador Completo de Voo e Missão (FFMS) e uma Estação de Treinamento de Loadmaster. Este centro tem capacitado tripulações das Forças Aéreas Brasileira, Portuguesa e Húngara. O objetivo da nova avaliação é aumentar a proximidade com os clientes europeus, facilitando o treinamento de pilotos, loadmasters, mecânicos e outros membros da tripulação.

Segundo Timo Haas, CDO da Rheinmetall e vice-presidente executivo da Rheinmetall Electronics, “Com o sucesso contínuo do C-390 em toda a Europa, este é o momento certo para iniciar o planejamento de um centro de treinamento europeu para o C-390, com instalações completas para capacitar a tripulação aérea e a operação de carga da aeronave”.

Ayslan Anholon, Vice-Presidente de Operações de Voo e Treinamento da Embraer Serviços & Suporte, complementa: “Queremos criar as melhores condições para nossos clientes do C-390, oferecendo o melhor treinamento da categoria. Monitoramos continuamente a rede e avaliamos soluções customizadas para cada região à medida em que a frota cresce.”

José Gustavo, Vice-Presidente de Vendas da Embraer Defesa & Segurança para a Europa e África, destaca a importância do treinamento rigoroso: “Com a evolução dos desafios de defesa e segurança enfrentados pelos aliados e nações parceiras da OTAN, as forças aéreas da Europa devem treinar seus pilotos com padrões rigorosos, para combater com eficácia as ameaças emergentes. Nosso objetivo é preparar os pilotos do C-390 para cenários variados e complexos.”

A Força Aérea Portuguesa adquiriu um FFMS como parte de seu contrato do C-390 com a Embraer, que será instalado na Base Aérea de Beja, em Portugal. A Força Aérea Real da Holanda também planeja instalar um FFMS no país. As discussões entre a Embraer e a Rheinmetall visam aprimorar a rede regional de treinamento e podem resultar na criação de outros futuros FFMS nacionais do C-390 globalmente.

About marcelo barros

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

SIATT e ITA Celebram 40 Anos de Carreira de Executivos

Em um evento marcado por inovações tecnológicas e debates sobre o futuro da engenharia, o …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *