MARINHA ADOTA TECNOLOGIA NACIONAL PARA MONITORAR ÁGUAS JURISDICIONAIS

Um sistema inovador desenvolvido no Brasil está auxiliando a Marinha no monitoramento e defesa das águas jurisdicionais do país. O radar OTH 0100, instalado no Farol do Albardão, no Rio Grande do Sul, rastreia embarcações além da linha do horizonte, até 200 milhas náuticas (aproximadamente 370 quilômetros) da costa, superando as limitações dos radares convencionais.

A tecnologia do radar OTH 0100 permite a detecção precisa e o acompanhamento em tempo real de alvos em alto-mar. Isso é crucial para a preservação das riquezas naturais da Amazônia Azul e combate a atividades ilícitas como pirataria, contrabando, tráfico de drogas e pessoas, além de espionagem.

Desenvolvido pela empresa brasileira IACIT, o radar está em operação desde 2018 e representa um avanço significativo para o país. O sistema possui uma arquitetura de processamento digital avançada, capaz de suprimir interferências comuns na faixa de alta frequência, incluindo ruídos de sistemas de comunicação e da ionosfera.

O OTH 0100 é o primeiro radar além do horizonte desenvolvido, instalado e operado na América do Sul, colocando o Brasil em um grupo seleto de países com essa tecnologia avançada, como Estados Unidos, Rússia, Inglaterra, França, Canadá, Austrália, China e Israel.

Para Luiz Teixeira, presidente da IACIT, a contribuição para a Marinha Brasileira é motivo de orgulho e responsabilidade. “O OTH 0100 posiciona o Brasil entre os países com sistemas mais modernos de monitoramento oceânico em todo o mundo”, afirmou Teixeira.

About marcelo barros

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

SIATT e ITA Celebram 40 Anos de Carreira de Executivos

Em um evento marcado por inovações tecnológicas e debates sobre o futuro da engenharia, o …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *