MBDA ASSINA CONTRATO PARA MELHORIAS EM SISTEMAS DE DEFESA AÉREA ITALIANOS BASEADOS NO CAMM-ER

A MBDA, líder mundial em sistemas de armas complexas, assinou uma emenda contratual com a OCCAR (Organização para Cooperação Conjunta em Armamento) para aumentar as capacidades técnicas dos sistemas de defesa aérea italianos baseados no CAMM-ER. O contrato beneficiará tanto o Exército Italiano quanto a Força Aérea Italiana, em seus sistemas GRIFO e MAADS (Sistema de Defesa Aérea de Médio Alcance).

O acordo inclui o desenvolvimento de uma nova Unidade de Controle de Incêndio (FCU) multifuncional, projetada pela MBDA, para melhorar significativamente as capacidades de comando e controle do sistema GRIFO. Esta evolução, desenvolvida nos últimos 12 meses, visa fortalecer as capacidades operacionais das Forças Armadas Italianas e abrange a validação operacional e a produção da nova FCU.

O sistema GRIFO utiliza o CAMM-ER, um míssil de alcance estendido da nova geração da família CAMM, desenvolvido em parceria entre Reino Unido e Itália para defesa aérea terrestre e naval. A família CAMM pode ser facilmente integrada com diferentes radares e sistemas C2, formando uma Solução de Defesa Aérea Modular Aprimorada (EMADS).

Equipado com um buscador ativo de última geração e um novo motor projetado pela AVIO, o CAMM-ER oferece um alcance estendido. O míssil foi qualificado com sucesso no ano passado e substituirá o míssil Aspide, atualmente usado nos sistemas SPADA da Força Aérea Italiana e Skyguard do Exército Italiano.

Além disso, o CAMM-ER é integrado ao Albatros NG, um sistema de defesa aérea naval de nova geração, já vendido para outros países e otimiza as capacidades de defesa antiaérea das frotas.

O acordo também visa aprimorar as capacidades industriais da MBDA na Itália, especialmente em Fusaro, Bacoli, perto de Nápoles. A área já foi beneficiada por contratos recentes para os mísseis CAMM-ER e Aster, apoiando o crescimento tecnológico e industrial da companhia.

About marcelo barros

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

SIATT e ITA Celebram 40 Anos de Carreira de Executivos

Em um evento marcado por inovações tecnológicas e debates sobre o futuro da engenharia, o …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *