PORTOSRIO MODERNIZA GESTÃO PORTUÁRIA COM NOVO SISTEMA INFORMATIZADO

A PortosRio anunciou a implementação de um novo sistema informatizado para modernizar a gestão de seus portos, com um investimento de R$ 6,5 milhões realizado por meio de processo licitatório em 2023. O sistema integrará todas as etapas do processo portuário, desde o pedido de uso da infraestrutura até o faturamento.

Nos dias 27 e 28 de maio, a PortosRio realizou apresentações nos auditórios dos Portos do Rio de Janeiro e de Itaguaí para os clientes que utilizarão o novo sistema. Arrendatários, agentes marítimos e operadores portuários foram informados sobre os treinamentos previstos para julho e a entrada em operação do sistema em setembro.

O sistema oferecerá funcionalidades e integrações com o Porto Sem Papel (PSP) e o SISCARGA, visando otimizar processos, aumentar a transparência e evitar redundâncias na inserção de informações. Com isso, a PortosRio reforça seu compromisso com a inovação e a melhoria contínua dos serviços prestados à comunidade portuária.

A Autoridade Portuária espera que o novo sistema modernize a operação portuária e permita a obtenção de dados de maneira integrada, eliminando a redigitação de informações. A comunicação entre setores como faturamento, operação portuária, contratos e controle de mercadorias será agilizada.

Além disso, o sistema proporcionará acesso rápido e eficiente a informações gerenciais e integrará eletronicamente dados com intervenientes governamentais como Receita Federal e ANTAQ. A meta é melhorar a performance operacional em termos de custo, tempo e qualidade, otimizando tarefas e alocação de recursos por meio da automação de procedimentos manuais.

About marcelo barros

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

SIATT e ITA Celebram 40 Anos de Carreira de Executivos

Em um evento marcado por inovações tecnológicas e debates sobre o futuro da engenharia, o …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *