TAURUS E CBC LANÇAM NOVO CALIBRE .38 TPC PARA ARMAS DE USO PERMITIDO

Taurus e Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC) anunciaram o desenvolvimento de um novo calibre para armas de fogo no Brasil: o .38 TPC (Taurus Pistol Caliber). A criação foi realizada pelo Centro Integrado de Tecnologia e Engenharia Brasil Estados Unidos da Taurus (CITE) e o Centro de Inovação da CBC. Este calibre visa atender às demandas do mercado brasileiro e as novas regulamentações de armas e munições do Governo Federal.

O calibre .38 TPC apresenta uma velocidade superior e energia até 40% maior em comparação com o calibre .380 AUTO nas munições expansivas, atingindo uma média de 400 joules de potência. Esse nível de energia está dentro dos limites estabelecidos pelo novo decreto federal para armas de uso permitido.

Com dimensões únicas, o .38 TPC oferece um recuo reduzido em comparação com o calibre 9mm, proporcionando maior controle durante o tiro. Esta característica é essencial para competições esportivas que exigem alta precisão, como o IPSC (International Practical Shooting Confederation). O novo calibre apresenta um recuo até 28% menor, facilitando a rápida recuperação da mira e aumento da precisão.

A munição .38 TPC expansiva também atende aos requisitos do Protocolo do FBI, que avalia a capacidade de penetração ideal para uso policial. Em testes realizados com a munição .38 TPC Gold Hex em gelatina balística, a penetração atingiu 14,5 polegadas, dentro do intervalo ideal de 12 a 18 polegadas, conforme especificado pelo protocolo.

Os benefícios do calibre .38 TPC estarão disponíveis nas pistolas Taurus, inicialmente nos modelos G2c T.O.R.O e GX4 Carry Graphene T.O.R.O, além das diversas configurações de munições CBC, como Polymatch, Ogival ETOG, Bonded e Gold Hex, oferecendo uma experiência aprimorada aos consumidores.

As novas pistolas no calibre .38 TPC mantêm a capacidade de disparos dos modelos 9mm, utilizando o sistema de percussor lançado Striker Fire. A G2c, arma mais vendida globalmente, é compacta, ergonômica, leve e de rápido uso, com melhorias significativas em relação à versão 9mm, incluindo ferrolho com ranhuras frontais e gatilho de 3ª geração. A GX4 Carry Graphene T.O.R.O., subcompacta de alta capacidade, possui acabamento Cerakote® Graphene, carregador de 15 disparos, trilho Picatinny e backstraps intercambiáveis.

Ambos os modelos incluem dispositivos de segurança como trava do percussor, trava de gatilho e indicador de munição na câmara.

As novas munições e pistolas .38 TPC estão disponíveis exclusivamente nas lojas revendedoras do segmento. Para mais informações, visite os sites da Taurus e CBC.

About marcelo barros

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

SIATT e ITA Celebram 40 Anos de Carreira de Executivos

Em um evento marcado por inovações tecnológicas e debates sobre o futuro da engenharia, o …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *